segunda-feira, 22 de outubro de 2012

A se um dia
abaixastes esse calor
que em teu peito
é gritado e rasgado
de tanta dor

domingo, 21 de outubro de 2012

Âmago

Invisível
Transpõe o transposto
Atravessa o corpo
Corta a carne
E ruge o dia
Clareando a vida
Surgindo uma nova vida
Que vive e sorri
Corpo luminoso
Que fulge no fundo do meu âmago